Buscar
  • Alef Alves de Oliveira

Por que seu Ecommerce não cresce? [Diagnóstico Expresso]



Uma dúvida muito comum entre os empresários é entender o motivo pelo qual o Ecommerce deles não cresce…


Mas, com algumas dicas práticas, você será capaz de identificar os principais erros que pode está cometendo no seu Ecommerce.

Assim, ficará mais fácil corrigi-los, fazendo com que o seu negócio cresça de maneira otimizada e constante.

A ideia é ficar atento a cada etapa do processo, pois você precisa conhecer a totalidade da sua empresa para saber como funciona.

E um dos pontos cruciais para isso é delegar as tarefas para o time do jeito certo!

Mas atenção: você não pode abrir mão de estudar para entrar em ação caso seja necessário. Aliás, vou falar mais sobre isso ao longo do artigo.


Fazendo um Diagnóstico do seu Ecommerce


Para fazer o Diagnóstico Expresso, você precisa se atentar a alguns pontos essenciais. São eles:


1- Funcionalidades do Site


Não basta montar um site e jogá-lo no mar da internet esperando que ele vá explodir em vendas.

Você precisa ajustar alguns aspectos da sua loja virtual como por exemplo:

  • Layout simples e de fácil navegação (refletindo as cores da sua marca);

  • Fotos de boa qualidade;

  • Descrições detalhadas dos produtos;

  • Otimização do site para versão Mobile;

  • Checkout transparente.

Portanto, não deixe de verificar as funcionalidades gerais do site, como a velocidade de carregamento das páginas e funcionamento de todos os links de acesso.


2- Canais de Audiência


Você precisa criar uma audiência própria para alimentar o seu Ecommerce… E isso pode ser feito por meio das principais redes sociais da sua empresa.

Caso ainda não tenha, saiba que é fundamental criar canais de comunicação para se conectar com o seu público. Isso será imprescindível para o crescimento do seu Ecommerce.

Além disso, as redes sociais são uma grande fonte de tráfego para o seu negócio, mas é necessário criar um relacionamento próximo com o seu público para gerar tráfego.

Afinal, você não pode pensar somente em vendas… A ideia é entregar conteúdo de qualidade para gerar valor a sua marca.

Então, se pergunte: como os seus produtos podem contribuir para melhorar a vida das pessoas que te seguem? Ou quais problemas eles podem resolver?

Lembre-se de utilizar todos os recursos que as redes sociais disponibilizam como os diferentes formatos de publicações (fotos, vídeos, Stories, Reels) e os recursos para loja (sacolinha de vendas, links direto para o site, etc).

Outra dica valiosa é fazer parcerias com influenciadores que podem divulgar seus produtos ou sua marca para os seguidores deles!

Com isso, a possibilidade de atingir e agregar um novo público aumenta.

Então, certifique-se de que exista uma boa conexão entre o influenciador e a sua marca para que não ocorram divergências.

Dessa maneira, você passa a entregar soluções e não somente propagandas para diferentes públicos…

E as vendas serão consequência da confiança que seu público irá desenvolver na sua marca.


3- Canais de Venda


Para fazer com que o seu Ecommerce cresça exponencialmente, é fundamental que você diversifique seus canais de venda. Se você manter o foco em um único canal, isso vai te fazer refém dele.


Ou seja, se houver qualquer problema… você fica sem renda!

Por isso, quando você trabalha com vários canais de venda, a sua marca tem mais chances de vender e se consolidar no mercado,

Portanto, venda em diferentes canais de venda, como por exemplo:

  • Site próprio;

  • Whatsapp Business;

  • Marketplaces (Mercado Livre, Magalu, B2W, Shopee, Dafiti, Amazon);

  • Redes Sociais (Instagram, Facebook, Pinterest, TikTok).


4- Marketing


O Marketing é a roldana que move o Ecommerce e o tráfego pago é essencial ao seu crescimento.

Por este motivo, estude muito sobre Facebook Ads e Google Ads para montar campanhas e promover os seus canais de venda.

Mesmo que um dia você delegue esse trabalho para alguém, nunca tire o olho disso!

É essencial que você acompanhe as métricas das campanhas diariamente e vá fazendo ou sugerindo ajustes necessários.

Por isso, é tão importante que você estude para entender pelo menos o básico desse assunto.


5- Gestão


Problemas internos podem impedir ou retardar o crescimento do seu Ecommerce. Sua equipe deve estar alinhada aos ideais da sua empresa para que possa executar a parte prática com eficiência.

Uma boa gestão leva em consideração dois pontos: treinar e qualificar sua equipe.

Esses dois pontos vão refletir na qualidade do atendimento ao seu cliente, na logística, na parte financeira e em vários outros aspectos do seu Ecommerce.

E também é essencial ter um bom sistema de ERP na gestão dos processos como estoque, finanças, emissão de notas fiscais, cadastros de clientes e produtos, etc.

Mesmo que o seu Ecommerce seja pequeno, ou só tenha você trabalhando nele, uma boa gestão e organização são essenciais para que funcione bem e cresça adequadamente.

Então, faça um planejamento semanal do que precisa ser executado e um checklist diário das ações essenciais.

Assim, você não se perde, consegue manter um bom funcionamento e consequentemente irá estruturar o seu Ecommerce para que ele cresça saudável, gerando lucro.

Lembre-se: como em qualquer negócio, uma boa estrutura é essencial para o crescimento do seu Ecommerce.

Ninguém começa a construção de uma casa pelo telhado, e sim pelo alicerce, que deve ser bastante sólido para aguentar toda a estrutura.

Essas dicas vão melhorar a sua estrutura e o seu Ecommerce poderá crescer forte, com capacidade de escalar as suas vendas cada vez mais!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo